quinta-feira, 16 de junho de 2016

NADA, MAS ABSOLUTAMENTE NADA FUNCIONA SEM LEIS.




Nem no Céu, nem na Terra ou no Universo inteiro.


Eu, Waldecy Antonio Simões, internauta ativo na propagação da Palavra de Deus, pertenço a uma das 398 congregações pelo mundo que santificam o sábado como o Dia do Senhor, portanto somos os remanescentes que não aceitaram a subserviência aos papas romanos de tantos erros, servos de Satanás. Siga o Link:

http://gospel-semeadores-da.forumeiros.com/t12521-todas-as-igrejas-que-guardam-o-sabado. 

“Ainda que o número dos filhos de Israel seja como a areia do mar, o remanescente é que será salvo”. Romanos 9:27


“Amados, não vos escrevo mandamento novo, senão mandamento antigo, o qual, desde o princípio, tivestes. Esse mandamento antigo é a palavra que ouvistes”.  E nisto sabemos que o conhecemos: se guardarmos os seus mandamentos.    Aquele que diz: Eu conheço-o, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a Verdade.    1 João 2:3 - 4


NADA FUNCIONA SEM LEIS. Deus também é legalista, pois até no seu Reino deveria haver leis, senão Lúcifer e seus anjos não teriam sido expulsos. Devem ter desobedecido a Deus para tanto castigo.     Logo após Deus ter criado o homem e a mulher, deu uma lei para eles e, infelizmente, não foi acatada e deu no que deu.


 http://otratadosobreasleisdedeus.blogspot.com.br/

No dia seguinte ao de criar o homem (e a mulher) o senhor Deus instituiu uma lei de descanso semanal para eles e para todos os seus descendentes: o Sétimo Dia da Semana, pois o Senhor jamais criaria um dia de 24 horas para seu descanso, pois Está Escrito que NUNCA se cansa:

"Não sabes, não ouviste que o eterno Deus, o Senhor, o Criador dos fins da terra, nem se cansa nem se fatiga?".  Isaías 40:28

Deus sempre esteve proclamando seus desejos e leis ao seu povo através de seus profetas, mas de tanta importância que atribuiu às 10 leis promulgadas no Monte Sinai, FEZ QUESTÃO DE ESCREVÊ-LAS PESSOALMENTE e num espetáculo incrível, onde até os anjos por semanas a fio tocavam as suas trombetas cada vez mais alto. Isso tudo o Senhor Deus fez para chamar a atenção da Humanidade para a vital importância de suas 10 leis que regulariam as relações do homem para com o Criador ( 4 primeiros mandamentos) e as relações entre os próprios homens e mulheres (os demais 6 mandamentos.

“Todo o Monte Sinai fumegava, pois o Senhor havia descido sobre ele em fogo. A fumaça subia como fumaça de uma fornalha, e todo o Monte tremia muito. Enquanto o som das trombetas aumentava cada vez mais, Moisés falava ao Senhor e ele respondia por meio de um trovão”. Êxodo 19:18 – 19. Detalhes em meu blog:


Jesus também foi legalista, pois em sua primeira pregação, também sobre um monte, bradou: "Os céus e a terra passarão antes que das leis se consiga retirar um só til".  (e o mandamento do sábado tem 433 caracteres);

Em João 15:10 Jesus se mostra novamente legalista: "Aquele que me ama guardará os mandamentos de meu Pai, ASSIM COMO EU OS GUARDO".

O Maior dos apóstolos, Paulo, também era legalista, pois ele se confessa ESCRAVO DAS LEIS DE DEUS:

“Graças a Deus por Jesus Cristo, nosso Senhor. De maneira que eu, de mim mesmo, com a mente, sou escravo da lei de Deus, mas, segundo a carne, da lei do pecado”. Romanos, 7:25.

“Porque, no tocante ao homem interior, tenho prazer na lei de Deus”. Romanos, 7:22.

“Para Deus não há diferença de pessoas. Assim, pois, todos os que sem a lei pecaram, também sem lei perecerão; e todos os que com a lei pecaram, mediante a lei serão julgados, porque os simples ouvidores da lei não são justos diante de Deus, mas todos os que praticam a lei hão de ser justificados”. Romanos, 2:12. Aqui, Paulo, novamente, ressalta o valor dos Mandamentos, e lembrando que são Dez!

“... se tornou manifesto e foi dado a conhecer por meio das Escrituras proféticas, segundo o mandamento do Deus eterno, para a obediência por fé, entre todas as nações”. Paulo, em Romanos, 16:25.

Paulo, o santo em vida, revela que não haveria pecado sem que houvesse antes a Lei instituída, promulgada e propagada e ainda cita uma das leis do Decálogo provando que se referia, de fato, às Dez Leis:

“Que diremos, pois? É a lei pecado? De modo nenhum! Mas eu não teria conhecido o pecado, senão por intermédio da lei; pois não teria eu conhecido a cobiça se a lei não dissera: Não cobiçarás”. Romanos, 7:7.

“Por conseguinte, a lei é santa; e o mandamento é santo, justo e bom”. Romanos, 7:12.

Então, essa história repetida pelo pastor Silas Malafaia que não é legalista, está fugindo do Evangelho, pois SEM LEIS NADA FUNCIONA, nem nosso corpo, nem os átomos, nem a Natureza, nem os oceanos, nem as galáxias, o Sol, a Lua, a rotação da Terra em volta do Sol e por aí afora.  O que discorda de Malafaia é que ele atesta guardar Nove das leis, mas como não guarda o Quarto Mandamento, apenas por esse mandamento declara que não é legalista. E quantos aos NOVE?

Até no Reino de Deus deve haver leis, senão Lúcifer e seus anjos não teriam sido expulsos pela desobediência ao Criador.

A maior parte de pastores evangélicos, para tentar acabar com as leis, apenas por causa do Mandamento do sábado que os incomoda sobremaneira, dizem que os da lei são legalista, como se o adjetivo LEGALISTA fosse um tipo de xingamento. Mas digo que BENDITO SEJAM OS LEGALISTAS, os que buscam como podem guardar as 10 leis de Deus.

Jesus também foi um Legalista, pois declarou que guarda os mandamentos de Deus Pai, que são 10 E NOS EXORTA A GUARDÁ-LOS:


 “Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor, assim também como eu guardo os Mandamentos de meu Pai, e no seu amor permaneço”.  João 15:10.

Jesus foi tão legalista que em sua Primeira pregação à Humanidade, no chamado Sermão do Monte, Também sobre um monte foi logo bradando que antes que se possa retirar um simples caractere dos 10 Mandamentos de Deus Pai, os céus e a Terra poderão ser totalmente destruídos.  Mateus 5:17 e se alguém duvidar que Jesus citava o Decálogo do Monte Sinai, basta seguir Mateus 5;17 ao 31 que verá que além de legitimar o Decálogo do Monte Sinais também no Evangelho, JESUS AINDA AUMENTA OS GRAUS DE DIFICULDADE DE OBSERVAÇÃO DE TRÊS DOS MANDAMENTOS.

"A lei diz: Não adulterarás, mas eu vos digo que se alguém olhar com cobiça para uma mulher, já pecou em seu coração".  Mateus 5:27-28.

Também o Senhor sempre foi legalista. Foi legalista na formação e equilíbrio da Natureza, na formação e equilíbrio dos astros e estrelas do Universo Inteiro, da formação e equilíbrio do corpo humano, do segundo, do minuto, da hora, do dia, do mês, do ano, da rotação e equilíbrio da Terra em torno do Sol e foi legalista até na formação dos minúsculos átomos e suas combinações;

O Senhor Deus foi totalmente Legalista quando nos promulgou suas dez leis para OBEDIÊNCIA IRRESTRITA por todos os que buscam a Salvação na Eternidade. 

O Senhor foi tão Legalista que promoveu O MAIOR ESPETÁCULO DA TERRA, no Evento Monte Sinai, justamente para chamar a atenção da Humanidade inteira para a importância das leis que iria promulgar. Detalhes do Majestoso Evento Monte Sinai:


Nenhum homem poderá ser preso se antes não se tivesse dado leis a ele. da mesma forma, se Deus não tivesse dado e propagado leis ao homem, esse não poderia seu julgado no Grande Dia de Jesus e vai por aí afora...


http://resumosobreasraizesdaigreja.blogspot.com.br/

Um trechinho de meu blog O Tratado sobre as leis de Deus:

"Segundo as Escrituras, a importância que o Senhor Deus atribuiu ao Decálogo foi tão extensa, grandiosa, sublime, marcante, extraordinária que, diferente de seus procedimentos anteriores quando ordenava a seus profetas escreverem suas palavras para a posteridade, desta vez ele fez questão de escrever, pessoalmente, também para a posteridade, nos altos de um monte (Êxodo19:18), num espetáculo indescritível, não nos papiros que se dissolvem, mas com o fogo de seu olhar, com palavras cravadas, fundidas profundamente em rochas sólidas para que nunca se apagassem, todas as suas leis, uma a uma, regulamentos resumidos, mas absolutamente perfeitos e suficientes para nortear o homem em suas ações, concedendo à Humanidade a grande e maravilhosa chance de viver sem problemas, sem tribulações,  pois se todos obedecessem a todas as leis do Decálogo, os seres humanos estariam a viver num mundo de sonhos: todos se respeitariam, não haveria criminosos, nem a necessidade de grades, de trancas, de polícia, de exércitos armados e de qualquer tipo de armas  e artefatos feitos para conflitos e guerras, o mundo seria muito mais saudável, não haveria pobres muito pobres, como também o Senhor Deus seria muito mais honrado e glorificado e, certamente,  a paz sobreviria sobre a Terra inteira".

“O próprio Filho de Deus regeu: Passarão os Céus e a Terra antes que das leis se consiga retirar um simples til” (um só caractere). Mateus 5:17 a 37. Então, Segundo o Messias de Deus as leis são perpétuas, falando-se das 10 leis do Decálogo.

Vede: Proponho-vos hoje  Bênção ou Maldição.  Bênção se obedecerdes aos mandamentos do Senhor. Maldição se não obedecerdes aos mandamentos do Senhor vosso Deus...   O Senhor, em Deuteronômio,   11.26.

Será, porém, que, se não deres ouvidos à voz do Senhor teu Deus, para não cuidares em cumprir todos os seus mandamentos e os seus estatutos, que hoje te ordeno, então virão sobre ti todas estas maldições, e te alcançarão”.  Deuteronômio 28:15 

“Lembra-te do dia do sábado, para o santificar. Seis dias trabalharás, e farás toda a tua obra.   Mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus; não farás nenhuma obra, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o teu estrangeiro, que está dentro das tuas portas.  Porque em seis dias fez o Senhor os céus e a terra, o mar e tudo que neles há, e ao sétimo dia descansou; portanto abençoou o Senhor o dia do sábado, e o santificou”. Êxodo 20:8-11

Como o Senhor abençoou e sanificou o sábado, o que ele abençoa É PARA SEMPRE!


"Pois o abençoaste para sempre; tu o enches de gozo com a tua face". Salmos 21:6

Para todos os que ainda duvidam que o SÁBADO É PARA SEMPRE, criei um arquivo histórico e bíblico que PROVA, sob todas as circunstâncias, de modo absolutamente irrefutável, que tanto os apóstolos de Jesus, como toda a Igreja Primitiva e até a Igreja aos tempos de Paulo, décadas após a Ressurreição de Jesus, JAMAIS GUARDARAM UM SÓ DOMINGO, o que veio a acontecer somente 331 anos depois de Jesus, ou seja no ano 364, após o Concílio de Laodicéia. Veja todos os detalhes indesmentíveis:

http://averdadebiblicaquenaofoiescrita.blogspot.com.br/

Notem que no primeiro verso destacado no texto do Quarto Mandamento, acima colocado, O Senhor ordena a todo os que buscam a Salvação para GUARDAR O SÁBADO E ABENÇOÁ-LO.


No segundo destaque, o Senhor Deus revela que o sábado é o dia dele.

No terceiro destaque o Senhor abençoa e santifica o dia de sábado.


Cadê o tal domingo, amigos domingueiros?

Notem bem os domingueiros que o Senhor exige a guarda de TODOS os seus mandamentos, e não apenas os nove que corrompem a vida espiritual, também,  dos evangélicos:  Repetindo, pela alta importância:

Será, porém, que, se não deres ouvidos à voz do Senhor teu Deus, para não cuidares em cumprir todos os seus mandamentos e os seus estatutos, que hoje te ordeno, então virão sobre ti todas estas maldições, e te alcançarão”.  Deuteronômio 28:15 


Waldecy Antonio Simões   walasi@uol.com.br

Tudo livre para publicações, desde que os textos não sejam modificados.

Meus blogs que têm tudo a ver com presente arquivo:














http://ainfalibilidadedospapasewabsurda.blogspot.com.br/





























                                                          













































                            












 Waldecy Antonio Simões. walasi@uol.com.br

Todos os meus textos são livres para publicações, desde que os textos não sejam alterados

Eu sou a voz que clama na Internet.

 “Então, no Reino do Pai, os justos resplandecerão como o Sol”.  Promessa de Jesus, em Mateus, 13.43